A torcida de vocês não vale nada

E lá fui eu fazer a prova do Detran pela terceira vez (primeira, segunda). Dessa vez foi diferente: a autoescola antiga se dedicava à venda de habilitações. Os instrutores se encarregavam de deixar os alunos nervosos no dia da prova, e depois ofereciam a carteira de motorista por 400 reais. A nova autoescola, lá perto de casa, tem bons instrutores, responsáveis, didáticos, a porra toda. Além de tudo, falam bobagem o tempo todo. Ou seja: ambiente ideal para mim.
Com tudo a meu favor, fui lá fazer o teste. Chegamos ao estacionamento do Shopping Aricanduva e o instrutor foi nos apresentar o percurso. Mostrou de onde deveríamos sair, onde fazer a baliza e a ladeira. O lugar da ladeira era uma curva.
Epa.
Você, caro leitor mais velho, talvez não saiba, mas nós, os jovens, temos uma dificuldade a mais no teste de ladeira: o carro deve parar a exatamente um palmo da guia (o que os estrangeiros chamam de meio-fio). Como é que eu ia ter essa precisão toda numa curva? Comecei a tremer nessa hora.
O instrutor terminou de dar a volta e chegou nossa vez. Antes de mim foram quatro alunos: três passaram, uma menina foi reprovada. Na minha vez eu fiquei semi-inconsciente. Se o sujeito do Detran perguntasse meu nome eu não saberia responder. Mas fui, saí direitinho com o carro.
— Faz a primeira baliza, lá da frente.
Fui, parei o carro um pouco à frente do cone e engatei a ré. Soltei a embreagem e o bicho foi para a frente. Pisei de novo, ré outra vez, e o danado indo pra frente. Na terceira oportunidade, consegui engatar a marcha direito e fiz a baliza perfeitamente. Saí da baliza e fui fazer a tal da ladeira na curva. Para minha total e absoluta estupefação, consegui parar o carro do jeito certo e sair sem deixar que ele descesse.
Aí vem a desgraça: logo depois da ladeira havia um cruzamento. Num estacionamento de shopping center às nove da manhã, achei que não haveria ninguém passando por ali e entrei sem olhar. Mas um desgranhento dum corno feladaputa resolveu passar justamente naquela hora.
— A preferencial era dele.
— É, eu sei.
Se fosse só esse erro, eu ainda teria chances. Só que estava nervoso, e mais adiante esqueci de dar uma seta. Quatro pontos, até a próxima.
E na próxima eu não peço torcida de ninguém. Cambada de ingratos.

Recado para os que dizem que eu deveria comprar a CNH: vocês são um bando de canalhas, uma gente sem conceito de honra. O que eu penso de comprar a carteira está aqui; o que eu penso de vocês está aqui. E não discuto. Canalhas. Não me venham falar mal do Congresso Nacional: vocês são piores do que eles.

85 comments

  1. Não esquenta não, Marco. Meu marido tentou 7 vezes. Quando ele finalmente passou, o exame médico já estava a ponto de vencer.
    Ah, e eu torço pra vc, viu?

  2. Relaxa Marco, eu presenciei fato ainda mais grotesco, um meliante que fazia os testes na rua comigo conseguiu ser multado em plena prova do Detran na lombada eletrônica!! O mundo ainda não acabou, existem bicicletas.

  3. Marcão, se eu fosse você passava a assistir o Silvio Santos dos Evangélicos – RR Soares – com mais freqüência e também acompanhava com mais empenho o “Fala que eu te escuto”. Só dessa maneira você conseguiria mais inspiração e concentração para passar nessa prova! Lembre-se, guiado/protegido/conduzido por Jesus!!!

  4. Há um tempo atrás, o único modo de passar era pagando. Depois que um povo da fiscalização pegou uns infelizes e fechou algumas auto escolas, eles só falam na propina se você perguntar. E quem disse isso foi o instrutor da auto escola daqui perto de casa. Ou seja, a mutreta segue, mas agora é mais organizado, digamos. E boa sorte nas próximas 8 tentativas Marco.

  5. Aproveita o tempo que vai esperar até a próxima prova e faz um post pro André Dahmer, que chegou ao Malvados nº600.
    Quem sabe na próxima????

  6. Fica assim não. Conheço muita gente que não tem carteira de motorista e é feliz do mesmo jeito. Tem um ceguinho na minha rua que passa o dia inteiro rindo, por exemplo…
    Mas me explica uma coisa, qualquer um que não seja de São Paulo é um estrangeiro?…

  7. segura a onda, cara!… na minha primeira tentativa, eu quase atropelei um ciclista e ainda deixei o carro morrer embaixo do semáforo…rs.. que horror! Na segunda tentativa, o cara me levou pra fazer o teste numa rua do lado da minha casa..rs.. Moleza total, tava careca de passar por ali, conhecia todas as manhas e na hora da baliza, o bicho ficou batendo papo com outro… me deixou à vontade!

  8. Porra… Tá mal hen, cara?!
    Mas nem posso zoar pq esse ano eu devo começar… E sabe como mulher é retardada nisso, né?! Existe bicho mais desorientado que mulher? Tirando vc, é clro! *rs

  9. Ainda bem que na minha época não tinha que fazer ladeira e ess papagaiada toda. Era só dar uma voltinha, ligar umas setinhas e pronto, tava aprovado. Se tivesse q fazer ladeira tava fu#$%@da, teria reprovado umas 5 vezes pelo menos. Bisous

  10. Putz, aqui no RS não tem esse negócio de parar a um palmo na ladeira. Mas em compensação a gente não sabe o percusso. O instrutor senta no carro e vai nos guiando. 15 minutos de agonia.

  11. eu passei de 1ª, mas do meu lado tinha um cara q já tinha reprovado 3 vezes, o cara ia reprova a 4ª c certeza, fez altas cagada, perdeu 10 pontos, no final o instrutor falou pro avaliador q o cara foi bem na auto-escola, mas ficou nervoso e fez as cacas… incrivelmente o avaliador do Detran aprovou o cara…pede pro teu instrutor falar uma dessas pro avaliador da próxima.

  12. Marco, foda-se essa merda, velho. Não é por inaptidão que você não tirou essa merda, foi por puro nervosismo. Na próxima você vai estar mais calejado, tenho certeza que será a última.
    E se não for, que se foda também. Uma hora você consegue. Acredite, se minha tia dirige, qualquer um pode tirar carteira.

  13. Oi Marco.
    Tô contigo e não abro. Honestidade é o que me guia e o que permite olhar para meu pai e saber que ele se orgulha de mim.
    Quanto sua carta, arruma um jeito de dizer para o avaliador é que sua quarta tentativa. Eu perdi na primeira e, quando terminei o segundo teste, deixei solto no ar: espero que eu tenha passado, é minha segunda tentativa…
    Tenho carta há 5 anos.
    Abraços.

  14. Ah, como eu queria ter uma câmera
    para registrar o Emotionrélio:
    1) “Xii, a ladeira é uma curva”;
    2) “A ré num entra nem fudendo”;
    3) “Seta feladaputa”;
    4) “Odeio aqueles malditos que
    profanaram a comunidade do Monty
    Python”.

  15. EU ODEIO O MEU IRMÃO!
    Ele sempre comenta o que eu vou comentar. Saco!
    Não se preocupa com o serviço militar. Pede pra algum conhecido do conhecido do conhecido que tem um conhecido militar de alta patente te liberar, ahn. Mas só depois de comprar a carteira de motorista.

  16. Oi Marco
    Não esquenta você é jovem ainda tem só 30 anos e varias tentativas pela frente, euzinha com 40 fiz 2 vezes e fui reprovada, e quem nem saiu do lugar passou direto, sou contra ter que pagar, pra conseguir carteira.
    Viva a democracia.

  17. Prezado Marco,
    Não fique assim. Sempre há um lado bom. Encontre-o… Há de haver um lado bom, por difícil que seja encontrá-lo (eu mesmo ainda não pensei em nada), há de haver um lado positivo….
    Lembra da cena final da Vida de Brian, aqueles crucificados todos, assoviando e cantando e dizendo que devemos olhar sempre o lado bom da vida? Lembra da musiquinha? Pois é, fique com ela na cabeça!……
    Bem, já fiz minha boa ação de hoje!
    Abraços em todos.

  18. Marco,
    Não se preocupe com o serviço militar. Apesar de ser obrigação de todo jovem como você, e uma honra para os que podem servir à Pátria, a numeração dos capacetes é limitada.

  19. Coitadinho de você… tem que fazer o seguinte… pega bastante o carro com o teu pai, ou com alguém que possa te ensinar, pra não desacostumar. Você é capaz sim, tira essa idéia de gerico da cabeça, rapaz! Beijão da tia Dal.

  20. Chefe! Não fique assim. Você consegue. Consegue trabalhar na onde trabalhamos, aguentar altos sapos e se sair bem, ué? hehehehe
    Não é fácil. Mas somos a única editoria composta por grandes três pessoas que não têm carta. E quer saber? Foda-se! Um dia dará certo.

  21. Cara, esse troço de tirar carteira é uma merda. Tirei na quarta vez, talvez isto te anime. Te exigem uma experiência que só é adquiria depis de um bom tempo dirigindo….. Boa sorte na próxima!!!!

  22. Marcuarélio, grandes mentes não tem espaço ou tolerância com mesquinharias mundanas, como dirigir.
    Eu e você somos prova disso.
    E eu também acho comprar a carta (eu sou estrangeira mas falo sua língua)
    o fim da picada. Se todo mundo fosse assim como nós o mundo seria um lugar diferente.
    Vergonha? Vergonha é achar que se mede a grandeza de uma alma pela carta. Qualquer idiota dirige, poucas pessoas tem uma namorada super legal, publicaram um livro, tem um blog genial, amigos ótimos, leitores inteligentes, escrevem bem, tem uma família ótima… e tudo ao mesmo tempo.

  23. Negão, console-se: você não está tentando tirar carteira em Minas, como eu tirei.
    Em Minas não tem cone pra baliza, não tem circuito em estacionamento de shopping e muito menos o percurso é um só.
    Você vai para um determinado bairro e o percurso pode incluir 300 ruas REAIS, inclusive de paralelepípedo. E o examinador sai andando com vc e diz: “faz isto aqui… faz aquilo outro ali…”.
    Minha baliza, por exemplo, foi na ladeira. Em frente a uma caçamba.
    Tudo nessa vida é possível!

  24. Caraaamba! Não acredito nisso, reprovado pela 4º vez é demais. Só de pensar q semana q vem eu vou a prova teórica p/ poder ter aulas práticas, 5 min p/ fazer a baliza e c/ 30 cm menos. Ninguém merece, não conheço nenhum indivíduo q saiba como comprar a carteira ( carta p/ os paulistas ) de motorista.
    Pqp, já estou c/ medo. Creeeedo!!!!!!!!

  25. Marco,
    Sempre que ficares frustrado com esse tipo de coisa, lembra das coisas nas quais és ótimo, mantenha tua forma de pensar e agir, tua autenticidade está acima desses pequenos(argh) problemas mundanos, e, afinal, sempre tem alguém que tem “carta” e pode te ajudar a te locomover….mais sorte na próxima…

  26. E aê Marco!
    Te dizer, aqui em Brasília nao precisa fazer balise nem ladeira, é só dirigir, fazer uma garagemzinha com os cones (chega a ser ridiculo) e pronto!
    Vem tirar sua carteira aqui, aproveita e faz umas fotos legais no congresso, camara dos deputados, palacio do planalto, etc etc 😛
    Falow!

  27. Caro Marcos… um dia estava eu viajando pelos blogs deste universo (e olha que tem blog pra caramba espalhado por aí) quando encontrei o seu! E como você deve saber, ele é famoso!!! =) Como uma boa leitura com um pouco de voyerismo, sempre leio os seus posts e me divirto, mas nunca me dou ao trabalho de comentar… Que coisa feia, né?! Mas… hoje não pude me conter. Sei exatamente o que você está sentindo (só conseguir tirar a minha carta na terceira tentativa). É foda!!! Minha sorte (se é que posso chamar isso de sorte) foi que as três tentativas foram realizadas no mesmo percurso: Praça da Vila Alpina! Pelo visto, acho que você deve conhecer o local!!! Na terceira vez eu já conhecia o percurso de olhos fechados!!! Na primeira eu encostei na porcaria da baliza. Volte daqui 15 dias! Arghrrrrr Na segunda, esqueci uma seta e segundo o instrutor não olhei antes de entrar na rua. volte daqui 15 dias, querida!!! Arghrrrr Na terceira… estava com tanta raiva, que fiz o percurso bonitinho!!! hahaha É isso, cara, não desanima não!!! Tirar carta é uma merda!!! Você consegue!!!

  28. O dia que você desencanar e dirigir como se estivesse sozinho, vai passar. Tenho impressão que você fica muito preocupado com a pessoa que está te avaliando e esquece de dirigir. RS
    Eu consegui a minha carteira de motorista, na primeira tentativa; mas a cidade onde moro é um ponto no mapa e o estado onde moro não tem boa reputação em relação aos motoristas (New Mexico, USA). Antes, eu não entendia o por quê… é claro, sentava no banco de passageiros e não prestava atenção. Agora entendo… oh cidadezinha para ter neguinho folgado. *grrr*
    Em todo caso, nunca tentei dirigir em Sampa. O trânsito e a putaria dos motoristas ultrapassam a minha paciência de Jó.

  29. O segredo é tratar o examinador como se ele fosse o seu avô. Tudo vc fala “sim senhor”. Não questione o cara, mas seja simpático, e pense que vc só vai mostrar pra ele o tanto que vc é bom de roda. Pode parecer puxação de saco e/ou falsidade, mas não é. É pura educação. Não que vc não tenha sido educado das outras vezes, mas o negócio é que assim vc deixa o cara mais à vontade, e vc acaba ficando mais à vontade e fazendo direito o que vc já sabe.

  30. Liga não, Marco. Você não consegue dirigir, eu não consigo limpar a bunda direito. Vivo com a cueca cagada, mas não esquento, levo a vida e lavo minha roupa separada. É assim, quem cagou, que limpe, mas sem crise, ok?

  31. Meu Deus, eu sei que é trágico, mas acho que me peguei lendo seus post num momento de fraqueza. Quase molho toda a cadeira de tanto rir da primeira, segunda, terceira vez, do que você acha dos leitores e da carteira de habilitação(que pra ti é carta). Alias, muito honesto da sua parte para com sua parte.
    Faz como eu, “Onibus – Essa é e real”.
    Mas que foi engraçado, foi.

  32. Parar um carro na ladeira em curva? E eu que achava que aqui no Rio era complicado tirar a carteira…
    MAs aqui nao tem corrupcao nao! ou passa das formas legais ou anda de buzao. E ponto final.
    ah, boa sorte na próxima.

  33. Liga não, Marco. Eu também fiquei umas 3 vezes reprovado e até comentei c/ o instrutor, assim que reprovei na 3ª vez: “Aí, cara, não tá afim de vender o carro pra mim de uma vez, não?”
    Mas por mais incrível que pareça, cá estou com minha carteira. Então… seu EU consegui, porra, todo mundo consegue!

  34. Passei na primeira tentativa! Carta para moto. Três anos depois voltei e na primeira tentativa para carro tb passei… Em compensação, por mais que eu tente, não consigo comer sushi, sashimi e todas aquelas coisas esquisitas porém gostosas da culinária japonesa com os pauzinhos. Aliás, sei que é esquisito chamar os pauzinhos de pauzinhos… Enfim, não dá pra ser bom em tudo.

  35. o ditado é velho mas sempre serve, deus escreve certo por linhas tortas…
    imagine agora você trafegando livremente por ae…!?!?! seria um perigo para todos…
    não compre carteira e sim gaste esse dinheiro pagando ao instrutor por mais aulas, se não resolver que tal fazer um daqueles cursos de panico de dirigir? seria uma boa…

  36. Oi Mar-Corelha
    Olha, nao fica assim!
    vc ainda pode quebrar o recorde da minha vizinha!!!
    30 tentativas!
    Na 31ª ela comprou a carta. Depois que ela comprou a carta, bateu o caro.
    Conclusao:
    deixou de dirigir e hj dirigem por ela.
    Vai em frente, afinal, dinheiro foi feito pra gastar!!!

  37. Ahahahahahahahah, foi por isso que eu desisti de tirar carteira de motorista, reprovei duas vezes, e acho que é dinheiro demais que a gente gasta cada vez que vai fazer uma reprova. por isso que quando eu for *rica* vou ter um motorista só pra mim.
    hohohohohoho
    =*

  38. Ah… a única coisa chata de se pagar pela carta, é que o carinha fica perguntando se você trabalha (provavelmente prá saber quem é mais cara de pau).
    Não que eu tenha pago, claro…me falaram…

  39. Eu só passei na terceira tentativa e olhe lá: segurava com tanta força o volante que consegui quebrar o anel que estava usando e nem percebi. Depois de terminado o percurso o instrutor me disse que eu tinha passado, mas que NUNCA tinha visto alguém ficar tão nervoso, então me pediu pra esperar todo mundo fazer o teste pra dar mais uma volta com ele, só pra ter certeza…:s Mas ele realmente deu uma força, me acalmou e tudo, por que sabia que já era a terceira tentativa, então não custa falar quando vc for tentar de novo. E de mais a mais, depois isso passa, hj, sem falsa modéstia, dirijo muito bem obrigada, até já brinquei de derrapar no autódromo de Interlagos 😉
    Beijos

  40. Sempre passo por aqui, mas nunca comentei. A primeira vez que eu li um texto seu foi justamente quando vc bombou na primeira prova hehehe.
    Eu passei na segunda tentativa. Na primeira eu consegui fazer o carro subir na calçada quando eu estava fazendo a baliza… =p

  41. Tá bom, eu passei no 6º (SEXTO) exame de direção lá em BH. Até subir na contramão de uma avenida eu subi. Quer dicas de exame pergunte pra mim Marco, sei tudo sobre provas de autoescola.

  42. Não desanime. Veja, minha irmã na 7a. tentativa, ao receber a instrução do examinador:
    – Pode sair!
    Ela abriu a porta e “saiu” do carro…
    Huahuauhuahuahuaahuaha huahauahua….

  43. Eu tirei carteira de primeira. Mesmo sem balisa, nem ladeira, saí do balão de terceira e ainda deixei o carro bem coladinho no outro só pra sacanear o próximo (minha irmã)!!! E passei. Vem pra Brasília que vc passa…

  44. Marco vi vc na folha ontem e n podia deixar de comentar sobre esse seu relato que me deu um alivio danado em saber q eu nao sou a unica com esse dilema…a questao eh q eu ja reprovei pela quarta vez….se nos nao fossemos honestos ja teriamos comprado a carta nao eh mesmo? eu tb sou contra mas bate uma tentacao….

  45. E ai, maluco? Não te estressa… eu também fiz 2 vezes a prova e estou para fazer a 3ª. Tem instrutores q são feladaputa mesmmo… eu tive o azar d pegar o mesmo cara nas 2 tentativas… Na 1ª ele me avisou q eu tinha q realizar a conversão em cma da rua, esqueci de reduzir e ele me reprovou, ai eu chamei ele d fdp… Q azar na 2ª vez lá tava ele d novo… d certo naum esqueceu do meu rostnho lindu… Fiz todo o percurso q foi uma maravilha… quando cheguei no ponto inicial pra estacionar, esqueci d ligar o pisca, entaum ele me disse q estava reprovada novamente pq faltou o maldito pisca e q eu parei com a roda em cima de uma faixa de segurança…
    Entaum amigo… naum de bola… torço por vc…
    Abraço
    Pa

  46. amo vc!!! vc não tem idéia de como fico contente por vc estar dizendo [aos brados!] que não vai “comprar” a sua habilitação!!!
    eu trabalho com educação para o trânsito e a maioria das pessoas acha q “carta” é direito… que todo mundo “tem” q ter… mas não é verdade!!! é importante tirar a habilitação direitinho… eu mesmo demorei um tempão pq fiquei trocando de instrutor, até achar um muito legal!!
    torço por vc!! e provavelmente assim q vc tirar a sua “carta” vc será um motorista responsável!!! coisa rara neste mundinho… beijocas!!!

Deixe uma resposta para CAROL Cancelar resposta