Vida de tio

Ana Júlia gosta quando eu viro bichão.
Ana Júlia, vocês sabem, é minha sobrinha de quatro anos. Bichão é um monstro qualquer, um conceito vago de ser assustador. Basta arregalar os olhos, arreganhar os dentes e engrossar a voz: pronto, sou um bichão. Ela berra e sai correndo. Às vezes variamos: eu viro um vampiro, ela vira uma bruxa. Eu viro um lobisomem, ela vira uma mula-sem-cabeça. Nós dois viramos caveiras. Em todos os casos, bebemos sangue da família toda e tomamos tinta de polvo (coca-cola).
Faz um tempo, eu estava deitado na rede lá na casa da minha mãe, lendo Stephen King. Ana Júlia desceu a escada, chegou perto.
— Marco, você ainda tá lendo livro de bichão?
— Tô.
— Hum. Vira um bichão, então.
Eu não queria virar bichão. O livro estava bom, a rede estava boa.
— Depois, Ana Júlia.
Ela apelou:
— Por favoooooooooooooor.
Eu continuei dizendo que não, que estava lendo, que depois a gente brincava.
— Então eu vou embora — ela disse. Amarrou a cara e subiu a escada batendo os pézinhos. No meio do caminho, fez cara de quem lembrou de alguma coisa. Parou, enfiou a mão no bolso, abriu um sorriso e voltou correndo.
— Toma — ela berrou, estendendo uma moeda de um real.  — Pra você virar um bichão.
Depois dessa, virei o bichão de graça, e com gosto.

19 comments

  1. ASHUashuhuasashuASHUhuasUhAS Olha, cuidade hein marco, vc entra nessa vida e sem perceber vai estar vestindo roupa de homen aranha, alegrando festas por R$ 15,00, ou então vestido de telle tubie vendendo algodão doce em santos……

  2. Brinco de cavalinho com minha sobrinha de 5 anos, enquanto meu sobrinho, também de cinco anos, finge ser algum animal da fauna brasileira.
    Entro com ela no cangote, no recinto onde ele está no canto, e grito:
    ‘Olha o tamanduá!’
    Depois é uma fuga, com a amazona fugindo a galope do terrível animal.

  3. Não basta ser tio…Tem que ser bobo,inventar brincadeiras sem nexo, gritar, não saber falar baixo, dar sustos, jogar as crianças pra cima,rir muito, contrariar a mãe da criança, falar palavrão, e ser uma verdadeira unanimidade para todas elas. Isso sim é ser um tio e já vi que vc faz parte dessa espécie…ou seria GANGUE ???
    Me lembro que a irmã do meu tio (vulgo minha mãe) vivia dando esporro nele dizendo que ele era mal exemplo pra gente…
    Marcão, vou te falar que uma das melhores coisas da infância é ter tio(s) assim como você. Não mude isso …mas também não piore. rsrsrsrsrsrs
    bjo pra vc e pra Ana.

Deixe uma resposta para Morfetus Cancelar resposta