Update

O Wagner de Paula oferece aqui as 20 faixas da coletânea Seleção de Ouro: 20 Sucessos – Nilo Amaro e Seus Cantores de Ébano, já fora de catálogo. Não sei que diabo vocês estão esperando para ir lá e baixar tudo.

26 comments

  1. Marcorélio, esse não só um profeta mas um ouvinte de primeira!!!
    Valeu!
    PS: Será que o Elias não iria curtir essa fina nata da musica brasileira?

  2. Ouço Nilo Amaro e seus cantores de Ébano desde criança… bom, sempre o mesmo LP (que a nível de bom, é ótimo, e é a única coisa que pedi para minha mãe de sua incalculável herança)! Ok, ninguém perguntou… só entrei comentar porque faz tempo que não escuto, e bateu Sodade!

  3. Hoje escutei o disco inteiro umas 5 vezes e os caras sao fodas mesmo.
    O que eu mais gosto é esse baixao.
    Que será que aconteceu com os baixos da musica brasileira? Hoje eim dia so tem tenorzinho fajuto no mercado, fora um ou outro baritono cantante, mas baixo nao tem nenhum.
    Pelo menos nenhum que entone com tanta arte o “de manha cedo vem uma lavadeira…”.
    Muito fino o que eles sabem fazer.

  4. Fala, Marco!!!
    Boa dica essa sua, hein!
    Eu nunca tinha ouvido falar nesses (excelentes) caras. Uma coisa bem clichê, que todo mundo diz, mas que cabe aqui com uma pequena alteração: existem mais mistérios na MPB do pode julgar minha vã filosofia. Tá, não é nada bonito, mas pelo menos é expressão da verdade. Eu preciso me focar mais na MPB de underground, por assim dizer. Pelo que (ou)vi dessa descoberta, é possível que eu goste de mais um monte de coisa que eu (ainda) não conheço.
    Só achei um problema: tá faltando uma música!!! Cadê a 13ª faixa? Por que será que ela não tá lá?
    Bom, sei que isso não é problema seu, mas é que me bateu uma curiosidade… Qualquer forma, valeu a dica.
    Abraço

  5. DEIXA QUE EU EXPLICO!
    É que, por serem muito supersticiosos, os discos deles nunca tinham a 13ª faixa.
    E se você ouvir a última faixa de trás para frente, vai ouvir a voz do gato de Alice no País das Maravilhas.
    É isso.
    Nada demás.
    🙂

  6. Muito obrigada mesmo Marco. Eu já conhecia algumas músicas de quando fiz aulas de canto. Mas nunca tinha ouvido o original. Nota 10!!
    Pena que não tem Sabiá lá na gaiola. Aquela que você achou a cara da Ana. Minha mãe sempre cantava o refrão pra mim, quando pequena. E fiquei curiosa de saber como cantar o restante.

  7. Só um adendo. Consegui baixar uma porção de músicas, mas em várias gravações o baixo claramente não é o Noriel Vilela. Provavelmente porque ele morreu ainda nos anos 60. Alguém sabe quem é o outro?

  8. kkkkkkkk
    Boa explicação, Ana!!!
    Mas é sério, eu queria saber qual é a 13ª música, porque pode muito bem ser a tal de ‘Sabiá lá na gaiola’ que a Fabiola tá reclamando a falta.
    E mais: o nome do disco é “os 20 maiores sucessos”, mas só tem 19. Tá, isso não tem nada a ver e pode parecer que é só vontade de pentelhar mesmo, mas se é boa como dizem (o que não duvido) eu queria poder ouvir…
    Ah, quer saber? Tô feliz com as 19 que estão lá e vou procurar o Sabiá em outro lugar, porque nessa gaiola já vi que num tá… Mas que a 13ª poderia ser ela, poderia.
    Abraço.

  9. Realmente muito bom…
    Já possuo o cd, do post anterior, a algum tempo… os vocais são impressionantes…
    Agora… esse disco “ei o ôme”… será que encontro para baixar, por exemplo, no rapidshare???
    vlws
    abraço

  10. Resposta pro Quinho:
    Quinho, o vocal não tão grave quanto o do Noriel Vilela é do Geraldo (não lembro o nome completo).
    Lembro de quando era criança, meu pai tinha um LP dos Cantores de Ébano, e num encarte contava a história sobre a chegada dele no grupo, quando um dos componentes estava num bar – tempos após a morte de Noriel Vilela – e ouviu o Geraldo pedindo um cafezinho. Espantado com o timbre de voz, convidou-o e o apresentou aos demais integrantes do grupo, que então convidou para participar.
    Marco, obrigado a você e ao Wagner pelos links. Vou ver se faço uma bobagem contra a lei e posto as que tenho em casa (todos em CD, mas passo pra mp3 e mando os links).

  11. Puxa!!! E é preciso falar algo diante de tamanha beleza!!!! Eu sei que vc vai contestar mas… Marco, Deus lhe pague por este presente realmente celestial. Valeu!!!!!!!!!!!

  12. “Sabiá lá na gaiola, fez um buraquinho…”?
    É essa? Minha mãe cantava quando eu era pequena, cantava também Uirapuru!
    Voltei ao passado, muito bom Marco!
    Beijo.

  13. Pronto, uma dúvida de infância sanada. Eu vivia cantando Uirapuru e Greenfield quando era criança pré-alfabetizada, pois meu pai vivia ouvindo fitas cassete do Nilo Amaro e seus Cantores de Ébano. Mas nunca soube quem eram, pois aos 6 anos você não se importa muito com essas coisas. Obrigado, fião, pelas boa lembranças.
    Nem vou mais dizer que precisamos nos encontrar, pois nem adianta… 😉

  14. Baixei e gostei. muito bom.
    Ps. Reparou que o Polzonoff fechou as portas? Quando entro e vejo isso sem atualizar a tanto tempo, tenho medo da próxima postagem.
    Nem sei pq escrevi isso. Mas entrei lá e vim logo aqui ver se tá tudo em ordem ainda.
    Um abraço Marcão

  15. Sou o maior fã desses caras.
    Gosto de musica boa e bem canta, e neste Cd tem o Fino da musica.
    Boa Jornada nas estrela de cada um ai de cima e cara do circoarmado. Valeu! Valeu mesmo, sou colaborador do Blog ratorural e postar um artigo dos caras do Ebano e do cara do circo. ABRAÇOS A TODOS. MUITO BOM….

Deixe uma resposta para worm Cancelar resposta