22 comments

  1. Aconselho, antes de lerem o Lewis, que leiam apenas uma obra de Nietzsche: O anticristo. É claro, que o cara era um radical, desconte-se que morreu bíloló, mas pode-se com uma mente aberta captar muitas verdades nessa obra. Com ela consegui compilar ideias que me ocorriam antes de lê-la, a principal: que o cristianismo atrasou muito o desenvolvimento intelectual da humanidade.

  2. Me tornei uma grande fã do John após você mencioná-lo aqui no JMC e, claro, depois de ler um texto dele sobre a Páscoa (operação ovo de páscoa, só não quando ele escrveu!) Era um texto muito bom! É o tipo de cara que tem suas convicções mas consegue ser agradável… exatamente como você!
    De qualquer forma, já conferi o Lendo Lewis e está aprovado!

  3. Li O Anticristo mais ou menos na mesma época em que li Mero Cristianismo pela primeira vez… deixando de lado o fato de Nietzsche ter sido um maluco vulgar… dez dele não dão um C.S. Lewis. E temos que nos perguntar se o desenvolvimento intelectual é o mais importante para a humanidade. E se (SE) o Cristianismo realmente obstruiu o caminho deste desenvolvimento, é possível que foi para atingir algo maior?

  4. No caso de continuares a pretender ser português, tenho a informar que possuo passaportes e vistos de residência baratos. Naturalizações e passaportes de cidadão nacional também se arranja, mas aí já custa um pouquinho mais.
    Mas atenção que não aceito reais. Abraço.

  5. QUERO APENAS DIZER ALGO PARA “NUNCA” QUANDO DIGO NUNCA QUERO DIZER PARA ETERNIDADE: – de DEUS nao se zomba!!!
    AMANHA VOCES VAO COMEÇAR A ENTENDER DO QUE ESTOU FALANDO.

  6. Cara, se eu tivesse como, também te daria emprego. Mas a verdade é que estou a procura, entonces. Enquanto não aparece nada, vou ficar aparecendo por aqui. Não pra procurar emprego, mas pra me instruir na palavrá. ´mabraço.

  7. Eu tenho observado os cachorros aqui da vizinhança e eles têm me ensinado mais coisas do que tudo que e já li na minha vida. Nós nascemos pra comer quando tivermos fome, dormir quando tivermos sono, fazer sexo quando der vontade e ter algum brinquedinho pra se distrair. No meu caso o brinquedo é um golzinho bem usado de estimação que me leva pra todo lugar e umas cervejas com os amigos. Filosofia, religião, paulo coelho pra que??? Aprenda a viver com os cachorros. Veja como eles são felizes.

  8. Talvez um dos meus amigos montassem na minha namorada, mas em mim é pouco provável porque homoxealismo em animais acontece muito pouco.

  9. Em tempo, eu não disse que foi Nietzsche que disse que o cristianismo “atrasou” o desenvolvimento intelectual da humanidade principalmente – eu que o disse, é minha opinião, então eu que sou o burro, na sua opinião.

  10. A culpa é toda minha, Mr. Snail. Estou trabalhando com duas traduções medíocres de Lewis e mais o texto original, e eu nunca fui bom com crases (uma das razões pela qual acho mais fácil escrever em inglês). Perdoe os erros; prometo tentar traduzir melhor no futuro.

  11. Cara Carol Coelho,
    Em situações normais eu brigaria igual a um cochorro com que montasse na minha namorada mas na situação atual talvez eu até agradeça o sujeito e deseje boa sorte para os dois.

Deixe uma resposta para davidemogi Cancelar resposta