FERNANDA!

Estou há dias pensando no que escrever para a Fer pelo seu aniversário e não consigo chegar a nada que preste. Muito difícil escrever para essa menina. Eu ia cometer o lugar-comum de dizer que nos conhecemos há cinco meses mas parece a vida inteira. Isso nunca foi tão verdade, mas é batido demais. Talvez eu dissesse que é espantosa a forma como ela não fica tentando agradar ninguém e consegue ser amada por todos. Ou que num mundo feito de pessoas iguais ela consegue ser diferente sem nenhum esforço para isso. Ou que entrou na minha vida feito um demônio-da-tasmânia, rodando e bagunçando tudo. Ou que, graças a ela, eu quase que acredito em deus.
Seria muito pouco, no entanto: não chegaria nem à superfície do que ela é de verdade. Então desisto: menina, feliz aniversário e muitos corações com braços pernas e carinha sorridente pra você. Luv ya, bitch.

27 comments

  1. Ne me quitte pas
    Il faut oublier
    Tout peut s’oublier
    Qui s’enfuit déjà
    Oublier le temps
    Des malentendus
    Et le temps perdu
    A savoir comment
    Oublier ces heures
    Qui tuaient parfois
    A coups de pourquoi
    Le coeur du bonheur
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Moi je t’offrirai
    Des perles de pluie
    Venues de pays
    O⌦㔲㬴 il ne pleut pas
    Je creuserai la terre
    Jusqu’après ma mort
    Pour couvrir ton corps
    D’or et de lumière
    Je ferai un domaine
    O⌦㔲㬴 l’amour sera roi
    O⌦㔲㬴 l’amour sera loi
    O⌦㔲㬴 tu seras reine
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Je t’inventerai
    Des mots insensés
    Que tu comprendras
    Je te parlerai
    De ces amants-là
    Qui ont vu deux fois
    Leurs coeurs s’embraser
    Je te raconterai
    L’histoire de ce roi
    Mort de n’avoir pas
    Pu te rencontrer
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    On a vu souvent
    Rejaillir le feu
    De l’ancien volcan
    Qu’on croyait trop vieux
    Il est para”t-il
    Des terres brulées
    Donnant plus de blé
    Qu’un meilleur avril
    Et quand vient le soir
    Pour qu’un ciel flamboie
    Le rouge et le noir
    Ne s’épousent-ils pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Je ne vais plus pleurer
    Je ne vais plus parler
    Je me cacherai là
    A te regarder
    Danser et sourire
    Et à t’écouter
    Chanter et puis rire
    Laisse-moi devenir
    L’ombre de ton ombre
    L’ombre de ta main
    L’ombre de ton chien
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas
    Ne me quitte pas

  2. Que LIIIIIINdo!!!
    Meus parabéns Fer!!! Vocês dois são sortudos por terem se encontrado e estarem tão bem um com o outro! Muito amor e sorte para os dois!!!
    Beijões!!!

  3. Que LIIIIIINdo!!!
    Meus parabéns Fer!!! Vocês dois são sortudos por terem se encontrado e estarem tão bem um com o outro! Muito amor e sorte para os dois!!!
    Beijões!!!

  4. Depois do que vc disse, acho que nao precisa dizerm ais nada. que lindo! Parabens para vc e para a Fernanda…
    gostei muito do seu blog e vou voltar mais vezes…uma amiga me falou dele e ca estou conhecendo…

  5. Depois do que vc disse, acho que nao precisa dizerm ais nada. que lindo! Parabens para vc e para a Fernanda…
    gostei muito do seu blog e vou voltar mais vezes…uma amiga me falou dele e ca estou conhecendo…

  6. Muito bem careca!!!!! Colocando seus sentimentos para fora, isso faz um bem, né não?!
    (mudando de assunto, recebeu meu email sobre o encontro de blogueiros aqui no RJ????? Vê se tu aparece!!!!!).

  7. CARA EU NÃO TE CONHEÇO, MAS ESTA PESSOINHA MARAVILHOSA QUE É A FER, (que conheço a um tempão) MERECE TODA HOMENAGEM DO MUNDO POR SER ESTA PESSOINHA MARAVILHOSA QUE É NÉ CHUCHU!!!

Deixe uma resposta para Fer Cancelar resposta