Respondendo aos leitores

“Caralho Marcurélio… o que que vc tem que eu naum tenho…??”
(Batata)


— Olhos azuis, baby

“Pop eu não sei, mas que ultimamente vc mais fala de vc mesmo do que escreve os livros, ah isso vc faz. Volte aos livros omi.”
(H de Henrique)

— O blog é meu e eu faço aqui o que bem entender. Cuidem de suas vidas. Isto é uma gravação. Obrigado.

19 comments

  1. Já me conformei com o destino deste blog. Abateu-se uma praga sobre o que prometia ser grandioso por essência. Mas Deus disse: faça-se a zona!
    E a zona se fez.
    E uns diabinhos disseram: a gente não quer só comida; a gente quer comida, diversão e arte!
    E o dono do blog disse: fodam-se! Sou feliz assim!
    Este é o único argumento irrefutável: ser feliz.
    Então, passei a vir aqui buscar diversão, apenas. Às vezes encontro, às vezes não. Se volto, é pq pelo menos o circo deve ser divertido.
    Mas o autor é feliz assim (é?) e o blog é dele – definitivo aforisma.

  2. É um chalme mesmo, tá certo que um chalme meio embriagado…
    “o blog é meu….” coisa de menino malcriado,
    – a bola é minha eu escolho a brincadeira.

Deixe uma resposta para Marília Cancelar resposta