17 comments

  1. Bah, tchê! Veríssimo é tri-massa! Sempre foi meu autor contemporâneo preferido – humor inteligente, requintado, sutil, literatura impecável – até… Marcurélio (que não quer escrever um livro) aparecer.
    :þþþ
    A pergunta que não quer calar:
    estou de sacanagem?

  2. O que acho legal no Veríssimo , é o jeito de descrever os mais variados tipos de brasileiros da forma mais humorada possível.
    Marco , a edição anterior da Veja também estava boa , mas como a Veja é a Veja ; esta semana ela mandou uma reportagem sobre as socialites de meia-idade e todas tinham a fórmula perfeita : Não comem gordura , não fumam , não bebem , não pegam sol , etc. Faltou apenas uma entrevista com a Vera Fischer né ?
    A revista esqueceu que a Vera Fischer tem meia-idade também , mas que cheirou e bebeu tudo , pega sol pra carai , dorme tarde e não taí nem Tchum pra estas frescas de sociedade.
    Pronto detonei a Veja !

  3. Tá vendo o que eles fazem para as pessoas comprarem a Veja?!? colocam uma coisa boa entre as merdas que tem lá e vai logo um Marcurélio e compra!

  4. Qual o problema com a VEJA?! Sempre foi a mais importante revista deste país.. algumas pessoas que escrevem aqui foram pra rua, pintando a cara contra o Collor, e esquecem que quem deu o pontapé inicial foi essa revista “tão ruim”, dentre outras matérias importantíssimas para este país..
    Vocês que são “contra o sistema, contra a elite, a manipulação da informação” (se for esse o caso!!) percebam que, o que vocês chamam de cabeça-feita, elitezinha, com conceitos pré-moldados, são iguais à vocês, cabeças-feitas, com conceitos pré-moldados..
    Muitos dizem “eu odeio a Veja, eu odeio a Rede Globo”, mas se perguntarem o porquê, a resposta seguirá um dos padrões desta linhagem “pseudo-radical”..
    E outra: vão puxar o saco do Marcurélio assim na puta-que-pariu.. ele diz: “Veja é uma bosta”, ai todo mundo, “é sim, é sim..”.. aposto que metade desse povo assina..
    a assim caminha a juventude..

  5. Já comprei a revista, e te conto mais: não vale a pena só pela reportagem do Veríssimo, mas também sobre as bizarrices do Michael Jackson e uma reportagem sobre sexo casual!!!

Deixe uma resposta para Vinicius Cancelar resposta