Ah, é tudo igual!

Alguém aí assistiu ao Jornal Hoje, hum…, hoje? Então, teve uma matéria lá sobre cargas roubadas, um lance lá em Goiás. Aí apareceu um mapa na tela, mostrando para onde iam as cargas roubadas, com setas saindo de Goiás e apontando para os respectivos estados. Pois bem: O cara falou que um dos destinos era o estado do Acre, e de fato a seta apontou para um lugar onde se lia a sigla “AC”. Só um detalhe: Era o Amapá! O pessoal que faz os infográficos da Globo pode ser muito bom de arte, mas tá precisando urgentemente de aulas de Geografia. Que feio!

4 comments

  1. Tudo bem que eles tinham a obrigaça˜o de saber geografia… mas ca´ pra´ no´s: quem e´ que ja´ foi ao Acre? Quem pode garantir que o Acre existe? Eu pelo menos na˜o conheço uma u´nica pessoa que seja do Acre e nem amigo meu nenhum conhece… Excetuando o Ene´as que diz ser de la´ e a sigla que consta no mapa, acho que na˜o se pode provar realmente a existeˆncia desse estado… hehehe
    Beijos,
    Pattyzinha :)***
    100assuntos.blig.ig

  2. putz… tinha que ser algue´m com alcunha de Pattyzinha pra falar tamanha merda…
    mas sei la´, Marco, ja´ li aqui no teu blog gente chamando Bahia de Norte… ta´ cruel a geografia pras escolas de Sul e Sudeste, hein?

  3. Joˆ, voceˆ na˜o pode pensar apenas em termos de regio˜es, mas em relativismo geogra´fico mesmo. A Bahia fica ao norte de quem mora em Sa˜o Paulo, enta˜o quando algue´m diz “Vou para o norte”, na˜o esta´ se referindo à Regia˜o Norte, mas sim a um deslocamento nessa direça˜o.

Deixe uma resposta para Marco Aure´lio Cancelar resposta